Ir para Conteúdo

Notícias

Aprovado o Plano Operacional Municipal para 2021
19 abr '21 | Institucional
Aprovado o Plano Operacional Municipal para 2021
Documento foi discutido na passada sexta-feira em reunião da Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios de Arronches.   Numa sessão de trabalho que decorreu através da participação via videoconferência, realizou-se na tarde da passada sexta-feira, dia 16 de abril, a primeira reunião deste ano da Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios de Arronches, tendo participado na mesma o vice-presidente do Município, João Crespo, o técnico do Gabinete Técnico Florestal, Nelson Velez, os presidentes da Junta de Freguesia de Assunção e Mosteiros, respetivamente José Louro e Diamantino Pinto, o representante do Comando Distrital de Operações de Socorros da Autoridade de Emergência e Proteção Civil, João Pedro Costa, a representante do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, Mafalda Viegas, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Arronches, Ricardo Pinto, o representante da E-Redes, José Afonso, a 1º - Sargento da Unidade de Emergência Proteção e Socorro da GNR de Portalegre, Lurdes Gonçalves e representante da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, Elisabete Roque. Nesta reunião, Nelson Velez apresentou detalhadamente o Plano Operacional Municipal, tendo referido os aspetos mais relevantes do mesmo. À apresentação do técnico do Gabinete Técnico Florestal, seguiu-se a discussão e apreciação do documento, o qual foi aprovado por todos os presentes. De realçar ainda que, embora não tenham estado presentes na sessão, os representantes do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Elvas da Guarda Nacional Republicana e das Infraestruturas de Portugal também se mostraram de acordo com o supracitado Plano Operacional Municipal.   Nota: Fotografia de arquivo.
Autarquia procede à plantação de árvores em Arronches
19 abr '21 | Ambiente
Autarquia procede à plantação de árvores em Arronches
Consciente da importância da área ambiental, Município plantou cerca de meia centena de novas árvores no seu território.   Atenta ao seu território, a Câmara Municipal de Arronches tem procurado cuidar da melhor maneira dos seus espaços e, nesse sentido, procurando sempre manter a segurança dos seus munícipes, a autarquia viu-se obrigada à remoção de algumas árvores que se encontravam na via pública e que estavam decrépitas e, em alguns casos, mortas, em risco de tombar, colocando em perigo os cidadãos. Porém, tendo consciência da importância destes seres vivos no ecossistema, o Município voltou a plantar árvores em alguns dos locais de onde foram removidas, nomeadamente no Rossio, junto ao recinto de feiras e mercados, no Largo General Norton de Matos, na Rua João Morais, na Rua Professor Doutor Egas Moniz e ainda na Zona Desportiva, quer junto ao Pavilhão Municipal, quer perto dos courts de ténis e Estádio Municipal Francisco Palmeiro. No total, foram plantadas cinquenta novas árvores, de várias espécies, como plátano (Platanus Orientalis), lodão bastardo (Celtis Australis), extremosa (Lagerstroemia indica), ameixoeira de jardim (Prunus cerasifera), aroeira (Pistacia Lentiscus) e laranjeira (Citrus sinensis). De realçar ainda que também já se encontra plantado o sobreiro (Quercus Suber) oferecido à Câmara Municipal pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, no âmbito do Dia Mundial da Árvore. Esta medida vem no seguimento da forte aposta ecológica do Município de Arronches, que tem vindo progressivamente a adotar comportamentos amigos do ambiente, inseridos na sua campanha Arronches + ECO, sublinhando a importância de preservar o meio ambiental e assegurar o futuro de todos. Consulte o antes:            E o depois:
Ambulância oferecida aos Bombeiros Voluntários
16 abr '21 | Sociedade
Ambulância oferecida aos Bombeiros Voluntários
Através de um subsídio atribuído pela Câmara Municipal, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arronches passou a dispor de uma nova ambulância.   A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arronches dispõe de uma nova ambulância de transportes múltiplos, que permite o transporte de utentes sentados, em maca e cadeiras de rodas, tendo este equipamento sido entregue na manhã desta sexta-feira, dia 16 de abril ao quartel. O veículo foi recebido por um grupo de elementos da corporação de bombeiros, encabeçado pelo comandante Ricardo Pinto, pelos órgãos sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arronches, cuja Direção é presidida por João Crespo e ainda pelo executivo da Câmara Municipal, liderado pela presidente Fermelinda Carvalho. Foi precisamente através da atribuição de um subsídio do Município, no valor de 55.660,38€, que foi possível a aquisição desta viatura de socorro. Numas breves declarações, a edil de Arronches referiu que apoiar estas instituições é um dever da autarquia, sublinhando que a Câmara Municipal, desde que é presidente, já ofereceu quatro ambulâncias aos Bombeiros Voluntários, além de outros apoios que já superaram um milhão de euros. Fermelinda Carvalho realçou o bom trabalho desenvolvido pela associação, desde a Direção ao Comando e mostrou-se certa que esta, hoje com mais valências e com maior capacidade de resposta, vai continuar a prestar bons préstimos à população arronchense. Por sua vez, o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arronches agradeceu à Câmara Municipal não só pela possibilidade de adquirir esta ambulância, como por todo o apoio que autarquia tem concedido ao longo dos anos, que tem sido imprescindível para o dia-a-dia da instituição. Este equipamento era uma necessidade e vem dar mais condições a uma frota com veículos já com alguns anos de existência. João Crespo acabou também por fazer uma breve retrospetiva do trabalho desenvolvido mais recentemente pelos Bombeiros, destacando que hoje há maior capacidade operacional e dessa forma, a corporação, que conta com dezanove elementos no quadro pessoal, pode prestar um melhor serviço à comunidade.
Informação – Aviso Amarelo mantém-se nesta quinta-feira
15 abr '21 | Ambiente
Informação – Aviso Amarelo mantém-se nesta quinta-feira
Alto Alentejo vai continuar sob Aviso Amarelo nesta quinta-feira, com a previsão a apontar para a existência de aguaceiros no período da tarde. Devido a instabilidade atmosférica, o distrito de Portalegre vai-se manter nesta quinta-feira, dia 15 de abril, sob Aviso Amarelo, segundo informação fornecida pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera e pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. Segundo o comunicado, está prevista a ocorrência de aguaceiros, localmente fortes e acompanhados de trovadas durante o período da tarde, particularmente entre as 12H00 e as 18H00. Nunca é demais relembrar e sublinhar a importância da adoção de medidas de autoproteção adequadas que abaixo se descrevem:
  • Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
  • Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade;
  • Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
  • Evitar circular nas supracitadas vias com veículos pesados, em particular articulados, veículos com reboque e veículos de tração traseira;
  • Ter especial cuidado na circulação junto de zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a estes fenómenos;
  • Prestar atenção aos grupos mais vulneráveis (crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem abrigo);
  • Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.
Informação – Região sob Aviso Amarelo
14 abr '21 | Ambiente
Informação – Região sob Aviso Amarelo
Distrito de Portalegre vai estar durante o dia 14 de abril sob aviso amarelo devido à previsão de precipitação para esta quarta-feira. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil comunicam que, devido a uma pressão centrada a oés-sudoeste do continente, com expressão em altitude, todo o distrito de Portalegre irá estar durante este dia 14 de abril sob aviso amarelo. Nesta região do Alto Alentejo, a previsão para esta quarta-feira indica que, entre as 12H00 e as 21H00, podem vir a ocorrer períodos de chuva ou aguaceiros, localmente fortes e que poderão ser acompanhados de trovoada. Perante esta informação prestada pelas entidades competentes, a autarquia sublinha uma vez mais a importância de adoção de medidas de autoproteção adequadas, tais como:
  • Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
  • Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade;
  • Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
  • Evitar circular nas supracitadas vias com veículos pesados, em particular articulados, veículos com reboque e veículos de tração traseira;
  • Ter especial cuidado na circulação junto de zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a estes fenómenos;
  • Prestar atenção aos grupos mais vulneráveis (crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem abrigo);
  • Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.
Executivo do Município na primeira reunião de abril
13 abr '21 | Institucional
Executivo do Município na primeira reunião de abril
Plenário do executivo autárquico realizou-se nesta segunda-feira nos Paços do Concelho de Arronches.   O Salão Nobre da Câmara Municipal de Arronches recebeu na tarde desta segunda-feira, dia 12 de abril, a primeira de duas reuniões ordinárias a realizar neste mês do executivo autárquico local, composto pela presidente Fermelinda Carvalho, pelo vice-presidente João Crespo e pelos vereadores Paulo Furtado, Nelson Velez e Carlos Rodrigues. Esta sessão de trabalho do referido executivo municipal iniciou-se com a hasta pública de lotes de terreno no Loteamento de São Bento, em Mosteiros, na qual foi adquirido um dos três lotes para venda. De seguida, foram analisados os requerimentos que deram entrada nos serviços municipais, tendo sido concedidos a munícipes mais dois apoios ao abrigo do Programa de Incentivos à Recuperação de Habitações no Centro Histórico e outros dois ao abrigo do Regulamento de Apoio à Fixação de Famílias Jovens, ambos na modalidade de apoio à habitação. A autarquia também vai continuar a apoiar as associações do concelho e, perante a necessidade de Arronches estar dotada de meio de socorros adequados, atribuiu um subsídio de 55.660,38€ à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Arronches destinado à aquisição de uma ambulância de transportes múltiplos, que permite o transporte de utentes sentados, em maca e cadeira de rodas. Considerando a situação que o país e o mundo atravessam, fruto da pandemia e conhecendo as dificuldades que o setor da restauração em particular está a atravessar, a Câmara Municipal deliberou também não cobrar qualquer taxa de ocupação da via pública com esplanada a todos os estabelecimentos comerciais a funcionar no concelho, proposta que será votada pela Assembleia Municipal. Igualmente em regime excecional, fruto da supracitada pandemia, foi decidido atribuir bolsas de estudo referentes ao ano letivo 2020/2021 a todos os alunos que reúnam os requisitos previstos no regulamento, numa proposta que irá de igual forma ser discutida em reunião da Assembleia Municipal. Para já, atribuídas estão já as duas dezenas de bolsas de estudo previstas no regulamento. Ainda na área da educação, o executivo tomou conhecimento da classificação das candidaturas à atribuição de Prémios de Mérito a Alunos do Ensino Básico, Secundário e Superior. A entrega dos referidos prémios será agora agendada, sendo os alunos contactados oportunamente. Finalizado está também o período de candidaturas ao Programa de Ocupação Municipal Temporária de Jovens, com os candidatos a entrarem em funções num curto espaço de tempo, conforme informação prestada pelos serviços municipais. Nesta reunião ficou ainda determinado que a Câmara Municipal irá proceder à concessão em hasta pública, na reunião de 24 de maio, da loja n.º 17 do Mercado Municipal. Finalmente, antes de terminar os assuntos agendados com o deferimento de 21 renovações e 1 nova concessão do Cartão Municipal do Idoso, os membros da Câmara Municipal concordaram com obtenção de esclarecimentos sobre o funcionamento de uma unidade industrial de processamento de bagaço de azeitona, sediada num concelho vizinho.
Autarquia implementa Estratégia Local de Habitação
13 abr '21 | Sociedade
Autarquia implementa Estratégia Local de Habitação
Projeto encontra-se numa fase inicial, pedindo-se a participação da população para a elaboração de um diagnóstico, tendo em vista a resolução de situações de carência, promovendo soluções habitacionais dignas para todos.   A Câmara Municipal de Arronches, com a colaboração do grupo ‘Blue Capital Advisors, Lda.’, encontra-se a elaborar uma Estratégia Local de Habitação, estando este projeto no seu início, numa fase em que se está a proceder à elaboração de uma base de diagnóstico das carências existentes, tendo em vista a definição das áreas de regeneração urbanas e as soluções habitacionais possíveis. Com a implementação desta Estratégia Local de Habitação, o grande objetivo do Município passa por poder enquadrar candidaturas de cidadãos a programas de financiamento para promover soluções habitacionais dignas para todos, nomeadamente com base no ‘1.º Direito - Programa de Apoio ao Acesso à Habitação’. Nesta primeira fase, a autarquia apela à participação dos munícipes na resposta a um inquérito, o qual respeita a política de privacidade do inquirido, que pode ser respondido no site da Câmara Municipal (em https://forms.gle/pqKkWMaNv7gj8tNc8). Pretende-se que este formulário seja preenchido por todos os cidadãos que se encontrem em condições de:
  • Precariedade (situações de violência, insolvência e pessoas sem abrigo);
  • Sobrelotação (habitação insuficiente para a composição do agregado);
  • Insalubridade e Insegurança (fogo sem condições de habitabilidade ou sem segurança de acessibilidade);
  • Inadequação (Incompatibilidade do fogo com pessoas nele residente);
  • Ou que possuam imóveis para reabilitar e colocar em arrendamento apoiado.
No caso de impossibilidade de responder ao questionário, todos os munícipes podem obter apoio no preenchimento do mesmo no Gabinete da Ação Social do Município de Arronches e nas Juntas de Freguesia de Assunção, Esperança e Mosteiros.