Ir para Conteúdo

‘Periferias’ terminou com caminhada pela vila

25 jul '22 | Cultura

Pelo segundo ano consecutivo, Arronches recebeu Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcántara, certame que vai na sua décima edição.

 

Depois das atividades que se realizaram na passada quarta-feira, a edição especial da décima edição do Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcántara em Arronches terminou neste sábado, dia 23 de julho, com uma caminhada pelo percurso pedestre 'Forte e Valorosa Vila de Arronches'.

Esta atividade vem no seguimento daquilo que é um dos objetivos deste certame e que é o contacto com o ambiente e com o meio onde está inserido e desta forma dar a conhecer o património cultural da região, no caso da caminhada deste sábado, alguns dos monumentos, histórias e lendas da vila de Arronches.

Embora não se tenha percorrido a totalidade do percurso da 'Forte e Valorosa Vila de Arronches', uma vez que o país se encontra em Situação de Contingência, o que impediu a deslocação para a parte rural do itinerário, os participantes percorreram a zona histórica da povoação, a zona ribeirinha, o passeio do Vassalo, havendo ainda tempo para uma rápida visita ao Centro Interativo da Ruralidade de Arronches.

Ao longo da volta, o técnico do Município, Emílio Moitas, foi dando algumas explicações acerca dos pontos atravessados pelos participantes, entre os quais o presidente e o vice-presidente do Município, respetivamente João Crespo e Paulo Furtado e a diretora do festival, Paula Duque.

Desta forma terminou mais uma edição especial do ‘Periferias, com os responsáveis da autarquia, da Associação Cultural ‘Periferias’ e a associação espanhola ‘Gato Pardo’, concordaram que esta é uma parceria para continuar e que, no próximo ano, o Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcántara estará de regresso a Arronches.