Ir para Conteúdo

Drama do quotidiano familiar abordado numa peça de excelência

30 mai '22 | Cultura

Auditório do Centro Cultural de Arronches recebeu a exibição da peça ‘E Se… Fosse Contigo?’, aplaudida de pé por quem assistiu a uma encenação de grande qualidade.

 

Apesar do auditório do Centro Cultural receber com regularidade peças de teatro com muito valor artístico, não é todos os dias que o público de Arronches tem oportunidade de apreciar o desempenho de uma conterrânea sua, enquanto integrante de uma companhia de teatro que já apresenta algum profissionalismo no seu trabalho.

Foi isso que aconteceu na noite deste sábado, dia 28 de maio, com a arronchense Vânia Botelheiro a interpretar, juntamente com os seus colegas de elenco e integrantes da companhia (In)Pactos, Carla Gomes, João Cabrita e Inês Godinho, a peça, dirigida por Mirco Satar, ‘E Se… Fosse Contigo?’.

Baseada no drama de 2020 ‘The Father’, co-escrito e dirigido por Florian Zeller, a obra aborda o dia-a-dia de uma família e dos seus problemas, nomeadamente na coabitação entre um casal e o pai de um dos cônjuges, envolvendo ainda a outra filha do referido progenitor.

Com uma performance de grande qualidade, os atores conseguiram chegar ao público, que não se coibiu de interagir com os artistas sempre que interpelados para o efeito, terminando a atuação com um aplauso de pé de uma plateia onde se encontravam alguns familiares e amigos da supracitada artista natural de Arronches.

Agradecendo a manifestação de apreço, os artistas não deixaram também de deixar uma palavra de gratidão ao executivo do Município, nas pessoas do seu presidente João Crespo e da vereadora com o pelouro da cultura, Maria João Fernandes, ali presentes, pela oportunidade de apresentar o seu espetáculo no auditório de Arronches.

 

Nota: Consulte o álbum de fotos completo na página do Facebook do Município de Arronches.